Um outro lado... a minha força... a minha coragem... a minha alegria... A minha Princesa! O amor da minha vida!

.A música que a Princesa anda a cantar :)

.Visitas à Princesa

visitas


.A música que a Princesa dança...

.O que faz a Princesa soltar gargalhadas...

.Escritos antigos

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

Sábado, 5 de Agosto de 2006

Achas mesmo?

 

Onze da noite, já na cama, depois de duas histórias (uma das quais, a nova versão dos 3 porquinhos e do lobo que se tornou vegetariano).

 

- Mãe? Achas que o gatinho veio para a nova caminha?

- Não sei. Ele deve andar a dar umas voltas. Ou se calhar já está na cama. Não sei!

De beicinho a tremelicar e lagrimita no canto do olho:

- Hum! E se ele não tiver lá? E se não souber como lá ir ter...

- Mas Princesa! Estivemos a brincar com ele e mostrámos-lhe a nova cestinha! Ele sabe que é lá. Deixámos lá aquele simbolo e ele vai adorar lá dormir. Ele está bem...

- Posso ir lá ver?

- Mas já estás na cama... Olha eu vou à casa de banho e vou lá ver, pode ser.

- Vais mesmo?

- Vou. Já te digo.

Fui onde tinha de ir e passei lá por fora, para ir ver. Ao fechar a porta da rua, tinha a Princesa ao pé de mim.

- Deixa-me ver. Está lá?

- Não filhota. Não está!

Lá lhe mostrei! E tive de a tranquilizar, dizendo que o gatinho tinha ido só dar uma voltita e que estava bem.

- Achas mesmo????

- Claro que sim. Dorme sossegada que amanhã voltas a brincar de novo.

 

Voltámos ao quarto. Estavamos a dormir em casa dos meus pais, no quarto que partilhei com a minha irmã. A princesa numa cama e eu noutra. Deitei-me a ler.

Ouço a vozita dela.

- Lê alto. Quero ouvir essa tua história também.

- Mas já te contei as tuas.

- Mas quero essa também. Gosto das histórias que lês.

-Ok.

Li uns quantos parágrafos e achei que ela já dormia.

Virou-se e disse-me já muito ensonada:

- Ah! E quando eu estiver a dormir, conta-ma também para eu continuar a ouvir.

Li. Continuei a ler. Sempre em voz alta.

Afinal, ler sobre a formação dos cristais de água, da sua pureza e do efeito das palavras na água, só lhe podia fazer bem. Ler com doçura, com amor, para ela, é purificar-lhe os cristais dentro dela e os meus também.

Se somos 70% de água...

 

 


vivido por MoonLight às 12:35

link do post | O que deixas à Princesa? | favorito
|

3 comentários:
De Ana a 5 de Agosto de 2006 às 14:48
O que deixo à Princesa?
Um beijo grande de gratidão pela sua confiança na Existência, uma vénia pela sua sabedoria de que mesmo dormindo continuamos a ouvir...
À mãe da Princesa, um beijo grande um abraço apertado e um Jai Ram pela certeza.


De Princesa - Espelhos a 10 de Agosto de 2006 às 14:37
À Princesa deixo um beijinho...
Perdoa-me, sei que não costumo deixar comentários nos teus outros cantinhos, embora não deixe de espreitar...

Mas este "outro lado da lua" é de uma ternura além fronteiras, alem mar!

Grande abraço para vocês duas mosqueteiras! Mamã e Princezinha....



De Manuel Maria a 10 de Agosto de 2006 às 21:00
Ela já sabe que o suconciente também conta... lol
De uma ternura essa princeza, que até dá vontade de rezar para que nunca mais cresça!


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


.Escritos de agora

. *Mâe?! Podemos pintar um ...

. *Hoje pode ser Domingo pa...

. Chinelos! :)

. Muito nível!

. sou gu... sou gu... ai ga...

. Dona Lua :)

. Seis anos...

. E se chover mãe????

. Praia...

. Não adianta fugir...

.links